SIC Mulher

Perfil

Campanha publicitária com mulher muçulmana está a gerar controvérsia

A publicidade de uma marca de guloseimas alemã provoca discórdia no país

1 / 5

Sean Gallup

2 / 5

Sean Gallup

3 / 5

Sean Gallup

4 / 5

Sean Gallup

5 / 5

Sean Gallup

A campanha publicitária a uma linha de guloseimas vegetarianas da marca alemã Katjes, onde figuram uma mulher muçulmana a usar véu e três mulheres com a cabeça descoberta, está a gerar controvérsia no país. Os cartazes publicitários estão expostos desde ontem, 31 de janeiro, na estação central de Hauptbahnhof, em Berlim, e já despoletaram muitas críticas e indignação nas redes sociais por parte de apoiantes e simpatizantes do partido anti-islâmico de direita ‘Alternativa pela Alemanha’, conhecido como AfD, que acusam a marca de promover a supressão dos direitos das mulheres e de encorajar a “islamização” da Alemanha.

O AfD ganhou maior relevância nos últimos anos ao apelar aos alemães que temem a presença de refugiados e imigrantes muçulmanos no país, na sequência do crescendo de atentados mundiais por parte do Estado Islâmico.

nas redes

pesquisar