SIC Mulher

Perfil

Kate Upton dá novos detalhes do assédio de Paul Marciano

O diretor criativo da Guess terá apalpado e agarrado a modelo.

Depois de ter acusado Paul Marciano de assédio sexual, Kate Upton revela, pela primeira vez, detalhes sobre o episódio com o diretor criativo da Guess. Numa entrevista à revista TIME, a modelo conta que a situação ocorreu em 2010. Marciano negou as acusações.

Foi no primeiro dia da sessão de fotos para o catálogo de lingerie da Guess, que Paul Marciano terá assediado Kate Upton. "No momento em que entrei com o fotógrafo Yu Tsai, o Paul veio ter comigo, agarrou forçosamente os meus seios e começou a senti-los - a brincar com eles, na verdade. Depois empurrei-o e ele disse 'estava só a ver se seriam reais' ".

Depois de ter recusado vários convites de Marciano para o encontrar no hotel, Upton descobriu na manhã seguinte que tinha sido despedida. Apesar disso, a marca insistiu para trabalhar com a modelo, que voltou a ser assediada noutra sessão em que Paul Marciano a terá "agarrado no braço" e obrigado a jantar com ele. A fotógrafa Ellen von Unwerth terá travado a investida.

Em 2012, Upton voltou a ser convidada para trabalhar com Guess e apresentaram-lhe "o valor mais alto" para aquele formato de campanha. A uma semana da campanha, Kate Upton recusa o convite quando Paul Marciano lhe enviou uma mensagem a dizer que "não podia levar o namorado".

Paul Marciano classificou as acusações de "absurdas".

nas redes

pesquisar